Untitled Document
Voltar para a Home...   domingo, 21 de abril de 2019
Siga-nos no Twitter...
Voltar para a Home...

Notícias Síndico News


20/3/2019
Tudo sobre o encanamento do condomínio e como evitar entupimentos
O descarte incorreto de materiais pelo encanamento ainda é uma das principais causas do entupimento

Um cheiro ruim vindo de um apartamento vizinho, a água que começa a retornar vinda do ralo da pia, vazamentos nas áreas comuns, água escorrendo pelo teto do banheiro, todas essas são situações viram motivo para ligar para o síndico. Mas você sabe quem é o responsável nos casos de entupimento dos canos, vazamentos e outros problemas no encanamento do condomínio?

Confira algumas dicas para evitar esses contratempos em seu condomínio.

Como funciona o encanamento do condomínio?
Em geral, os prédios são abastecidos por uma rede de encanamento horizontal e outra vertical.

A primeira é destinada ao encanamento das unidades individuais, ou seja, dos apartamentos, cuja responsabilidade é de cada morador. A vertical serve para abastecer o encanamento do condomínio com água, inclusive a rede horizontal, e também conduz o esgoto para o local adequado.

Além disso, para facilitar a localização dos encanamentos do condomínio, em geral, seguem-se cores padronizadas para cada necessidade, seguindo o seguinte padrão:

Água limpa: verde;
Esgoto: marrom;
Parte elétrica: cinza;
Água quente: azul;
Hidrante: vermelho;
Gás: amarelo.
Melhor atuar na prevenção

O descarte incorreto de materiais pelo encanamento ainda é uma das principais causas do entupimento dos canos nos condomínios.

A maioria dos edifícios não possui uma tubulação preparada, por exemplo, para o descarte de papel higiênico, absorventes e outros materiais por meio do vaso sanitário. Na pia, não é diferente. É preciso ficar atento aos restos de comida, pedaços de lacres plásticos e outros detritos para que não sejam descartados, mesmo que sem intenção, no ralo da pia.

Outra prática comum e que deve ser evitada é o descarte do óleo de cozinha na pia. Esse resíduo deve ser direcionado para uma coleta especial, do contrário, pode potencializar o entupimento, a medida que serão formadas crostas nos canos, com a aglutinação do óleo e os demais materiais. Além do problema ambiental que pode gerar, por conta da contaminação do solo.

Então, além de atuar na conscientização dos condôminos sobre o descarte adequado, é necessário fazer a manutenção preventiva em toda a rede de encanamento, tanto na horizontal, quanto na vertical. Assim, qualquer problema futuro pode ser identificado antes mesmo de que haja um vazamento ou entupimento do encanamento.

Nessa manutenção, todos os ralos do condomínio são limpos pela empresa contratada, muitas vezes incluindo os dos apartamentos.

Em termos de periodicidade, indica-se que essa limpeza seja feita duas vezes por ano.

Com essa frequência, além de se evitar os vazamentos e entupimentos, haverá economia para o condomínio, pois, o atendimento em condição emergencial, em geral, custará mais caro que o programado.

De quem é a responsabilidade?

O primeiro passo para identificar a origem do problema e, com isso, de quem é a responsabilidade é verificar se o vazamento ou o entupimento está localizado na tubulação vertical ou horizontal, para entender se é do condomínio como um todo ou de alguma unidade individual.

No caso de se tratar do abastecimento geral, ou seja, da tubulação vertical, a responsabilidade é do condomínio e cabe ao síndico a contratação de um prestador de serviço. Por isso, o ideal é que já haja uma manutenção preventiva e programada dentro do orçamento anual do condomínio, que costuma ser aprovado pelos condôminos em assembleia.

Quando o problema for identificado em uma unidade individual, a responsabilidade é do condômino. Na situação, por exemplo, em que o vazamento ocorre no teto do banheiro, em geral, o contratempo deve ter como origem o apartamento de cima, que será responsabilizado e cobrado pelo conserto.

Fonte: FiberSals

 



12/4/2019
Chuva no Rio destrói parte do condomínio onde Bolsonaro tem casa
12/4/2019
Cachorros x áreas comuns do condomínio
12/4/2019
Como ocorre a definição de regras no condomínio
8/4/2019
Festas em condomínios: o que é permitido?
8/4/2019
E se um condómino usar indevidamente a sua fração?
8/4/2019
Condomínio terá de pagar danos morais a moradora inadimplente
8/4/2019
Muro de condomínio desaba e 11 carros são esmagados no Campo Comprido
8/4/2019
Aluguel de antena não deve reduzir quota de condomínio
8/4/2019
Síndico pode usar recursos do condomínio para despesas pessoais?
1/4/2019
Condomínio: como fazer a prova do excesso de barulho

Untitled Document

Jornal Sindico News - Editora Santa Luiza Ltda.
Tel: 11 5573-0333 - São Paulo - contato@sindiconews.com.br
© COPYRIGHT 2012 - Todos os direitos reservados
 
2035067 visitas
 
Desenvolvido por