Untitled Document
Voltar para a Home...   sábado, 16 de dezembro de 2017
Siga-nos no Twitter...
Voltar para a Home...

Notícias Síndico News


6/9/2017
Os 5 erros mais comuns cometidos por síndicos de condomínio
O síndico precisa entender e conviver com as críticas e admitir que pode ter errado, mesmo sem saber.

Função complicada, por vezes estressante. Entretanto muito importante para toda a comunidade do condomínio. Ser síndico de um prédio ou condomínio é uma responsabilidade a mais no dia a dia de uma pessoa. Lidar com reclamações, tarefas, cobranças, diálogos, exigências, direitos e deveres seus e dos próprios moradores. É, não é tarefa fácil. E é com esse acúmulo que os erros começam a aparecer, não por incompetência, mas sim pela quantidade de tarefas acumuladas que clamam por serem feitas, fazendo de algumas esquecidas. O síndico precisa entender e conviver com as críticas e admitir que pode ter errado, mesmo sem saber.
Vamos apresentar os 5 erros mais comuns cometidos pelos síndicos de condomínio. O que acontece, sua gravidade e o que fazer para contornar o mesmo. Confira:

I – Exposição dos inadimplentes

É muito comum esse tipo de deslize durante uma reunião de condomínio. Porém, é gravíssimo explanar para o coletivo os devedores de plantão. A questão dos inadimplentes deve ser resolvida particularmente entre ambos, para que negociem as melhores formas de pagamentos. Assim, não há constrangimento ou qualquer desentendimento após a exposição. Um síndico deve ministrar crises, ser o administrador, saber como ordenar os fatos e expor aqueles que devem não é algo digno de um bom comandante. Conversar pessoalmente, cara a cara, saber os motivos e estabelecer datas junto – e particularmente – com os inadimplentes. Essa é a saída.
Lembre-se: jamais colocar em edital ou mesmo tornar público por meios digitais os nomes dos devedores.

II – Obras sem aprovação

Toda e qualquer obra necessita sempre de uma aprovação da assembleia, a menos, claro, que seja totalmente emergencial. Entretanto, quando obras não emergenciais são aprovadas sem o consentimento do coletivo, o síndico pode adquirir problemas, afinal, ele julgou como necessário o problema corrigido. Para evitar problemas, busque que obras não emergenciais passem por uma aprovação em assembleia e, caso haja uma emergência, explique e saliente o porquê.

III – Não se comunicar com moradores

Sempre converse com os moradores. Com a tecnologia existente hoje, busque sempre saber as necessidades dos moradores. Atualmente existem aplicativos específicos para a comunidade do condomínio. Mantenha contato, busque informações e se algo precisa ser alterado. Manter-se em comunicação com os moradores, e consequente proximidade, transparece confiança e segurança para o coletivo.

IV – Oferecer descontos a inadimplentes

Voltando ao primeiro erro. Nunca a negociação com inadimplentes deve envolver descontos, talvez parcelas, mas jamais descontos. Isso porque o valor do devedor pertence ao coletivo, e não é uma dívida entre síndico e inadimplente. Isso pode estremecer relações com alegações de privilégios para uns em detrimento dos demais.

5º erro: Assembleias irregulares

Sempre certifique de que as assembleias estejam regulamentadas. Não realize-as às pressas, pois qualquer coisa ali decidida não terá validade. Pense sempre no coletivo, nunca na comodidade. E esse tipo de assembleia ocorre em demasia se não estabelecida corretamente sobre convenção condominal. Esteja sempre atento a isso, até para não criar atritos entre os moradores.

Um condomínio é um espaço comum dividido entre todos. É necessário compreensão, conversa e disposição. Um síndico precisa saber ministrar e organizar, mas sempre estar atento aos erros, afinal, ele coordena uma casa enorme onde diversas pessoas, de diversas origens e diversas personalidades, sem nenhum vínculo familiar, convivem.

 



8/12/2017
Execução de dívida de condomínio inclui valores ainda a vencer, diz STJ
8/12/2017
Morador com conduta antissocial é obrigado a sair de condomínio
5/12/2017
Justiça ágil reduz dívidas dos brasilienses com condomínios
5/12/2017
Moradores falam que o condomínio é caro, mas não vão às assembleias
5/12/2017
Levantamentos apontam crescimento significativo de mais de 40% de ações em vários estados
5/12/2017
Administradoras de imóveis sofrem para cobrar
5/12/2017
Dívidas de condomínio vincendas devem ser incluídas no curso do processo até o pagamento
5/12/2017
Mais de 60 apartamentos no bairro Camargos são interditados após queda de muro
13/11/2017
Conheça os deveres e obrigações do condomínio
13/11/2017
Conheça as responsabilidades do Zelador

Untitled Document

Jornal Sindico News - Editora Santa Luiza Ltda.
Tel: 11 5573-0333 - São Paulo - contato@sindiconews.com.br
© COPYRIGHT 2012 - Todos os direitos reservados
 
1179265 visitas
 
Desenvolvido por