Untitled Document
Voltar para a Home...   sexta-feira, 19 de outubro de 2018
Siga-nos no Twitter...
Voltar para a Home...

Notícias Síndico News


2/2/2018
Furtos em condomínios e residências preocupam moradores e síndicos
Discrição é a palavra-chave, sobretudo em relação à rotina. Embora a maior parte dos crimes seja de oportunidade

Uma casa localizada no bairro Progresso é alvo de bandidos enquanto os proprietários estão na praia. A janela do banheiro e de um dos quartos é arrombada pelos ladrões, que levam uma televisão, joias, cosméticos, perfumes, roupas e lençóis e, antes de fugir, fazem uma refeição e tomam espumantes. 
Em Pinto Bandeira, bandidos arrombam janelas de duas residências e levam botijões de gás, talheres, roupas, roupas de cama, conversores digitais de TV, produtos de limpeza e higiene, peças de carne, além de uma central de alarme. O crime é percebido quando as famílias retornam para casa. Um Vectra, de cor cinza, com cinco ocupantes, teria sido visto por vizinhos nas imediações.
Dois moradores de um prédio no bairro Universitário chegam em casa no final do dia e percebem que foram assaltados. De um dos apartamentos, o ladrão levou uma televisão e um tablet e, do outro, um televisor. As câmeras de segurança filmaram a entrada do acusado, entretanto, ele ainda não foi identificado. 

Casos de furtos em condomínios e residências têm preocupado moradores e síndicos. Mas como se proteger desse tipo de situação? A delegada Maria Isabel Zerman Machado, titular da 1ª Delegacia de Polícia de Bento Gonçalves, diz que o principal facilitador da ação de bandidos é a distração. “Não dá para descuidar. É preciso estar atento na hora de entrar ou sair de casa, na movimentação de pessoas estranhas e até mesmo na entrega de correspondências ou encomendas, além de manter a discrição”, ensina. Especialmente em relação a prédios em que não haja portaria, a delegada orienta atenção redobrada. “Verificar se a porta de acesso ficou bem trancada e se o portão da garagem fechou por completo são atitudes simples que podem evitar muitos transtornos e prejuízos”, garante. 

Seja discreto!
Discrição é a palavra-chave, sobretudo em relação à rotina. Embora a maior parte dos crimes seja de oportunidade, ou seja, o ladrão aproveita uma brecha ou descuido, sem premeditação, há casos em que os bandidos estudam o dia a dia dos moradores. “As redes sociais podem ser um chamariz. Por isso, evite publicar informações detalhadas sobre a sua rotina. Restringir o acesso ao seu perfil somente a conhecidos também pode ajudar”, alerta a delegada. “É importante que as pessoas sejam discretas quando forem viajar, avisando apenas um vizinho próximo ou alguém de confiança por quanto tempo ficarão fora. Também é indicado deixar alguém responsável por recolher a correspondência ou eliminar qualquer sinal que mostre que não há pessoas na casa, especialmente nesta época em que são comuns viagens curtas ao litoral”, comenta a delegada. 
Outra situação recorrente, que envolve especialmente condomínios, é a responsabilidade em relação às chaves e controles de portões de acesso ao prédio. “O mais indicado é que a chave tanto da porta de entrada quanto do apartamento não seja entregue para pessoas que não residem no local. Outra dica importante é acordar qual a conduta que será tomada caso alguém perca as chaves ou o controle e na hora de encomendar eventuais cópias necessárias se escolha uma empresa de confiança”, diz Maria Isabel.

Investir em segurança foi a alternativa encontrada por um condomínio localizado no bairro Humaitá depois de alguns incidentes como roubo de gasolina dos carros estacionados na garagem e assalto a um morador que chegava em casa. Um monitor que mostra todas as câmeras instaladas permite conferir a movimentação de pessoas estranhas nas imediações antes de deixar o prédio. Também serão instalados nobreaks que evitam a necessidade de abertura manual dos portões quando houver falta de energia e os controles serão codificados de modo que não possam ser duplicados sem autorização do condomínio. As chaves receberão codificação própria para que, caso sejam perdidas ou roubadas, o acesso possa ser cancelado individualmente, sem necessidade de trocar todas as fechaduras.

Dicas
- Acostume-se a trancar portas e portões de acesso. Não os deixe abertos inutilmente, ainda que por poucos momentos, como para varrer a calçada. 
-Esteja alerta à presença de suspeitos nas imediações nos momentos de chegada ou saída. Os roubos desse tipo têm grande incidência nos horários das 7h às 9h e das 18h às 20h.
-Não admita a entrada de estranhos, sobretudo para entrega de encomendas ou realização de serviços que não tenham sido solicitados. Se seu prédio não tiver portaria, não permita que o entregador suba até seu apartamento, apanhe a encomenda no hall de entrada.
-Embora não seja indicado guardar dinheiro em casa, se você optar por cofres instale mais de um e mantenha absoluta discrição sobre a existência e a localização deles. E, principalmente, evite falar com outras pessoas, mesmo que confiáveis, sobre a existência de dinheiro em casa. -O mesmo vale para cópias de chave – somente em caso extremamente necessário.
-Caso esteja sozinho em casa e algum estranho aparecer para fazer uma entrega não esperada, peça para que ele agende a entrega. Se decidir atender, avise uma pessoa de sua confiança. 

 



18/10/2018
Reunião de condomínio exige bom senso de síndicos e moradores
18/10/2018
Venda da carteira de inadimplentes em condomínio é ilegal
18/10/2018
Quem mora em condomínio está mais seguro?
18/10/2018
Empregado de condomínio não terá direito a adicional de insalubridade por exposição à radiação solar
18/10/2018
Juíza manda moradora do DF tirar tela de proteção da janela
9/10/2018
Como ocorre a definição de regras no condomínio
9/10/2018
Há cada vez mais processos judiciais envolvendo animais.
9/10/2018
Condomínios: Como melhorar a comunicação com os moradores?
9/10/2018
Saiba como lidar com o consumo de drogas no ambiente condominial
3/10/2018
Condomínios podem pagar muito caro por não guardar documentos

Untitled Document

Jornal Sindico News - Editora Santa Luiza Ltda.
Tel: 11 5573-0333 - São Paulo - contato@sindiconews.com.br
© COPYRIGHT 2012 - Todos os direitos reservados
 
1719524 visitas
 
Desenvolvido por