Untitled Document
Voltar para a Home...   sexta-feira, 28 de julho de 2017
Siga-nos no Twitter...
Voltar para a Home...

Artigos
JARDINAGEM

Proteja seu jardim na estação mais fria do ano
O jardim do condomínio necessita de cuidados específicos para sobreviver e continuar valorizando o imóvel.

Temos abordado o assunto jardinagem há muito tempo. Seja na primavera, outono ou verão. Entretanto, no inverno, nos preocupamos um pouco mais, pois o frio pode destruir todo o trabalho realizado durante as outras estações do ano. O jardim do condomínio necessita de cuidados específicos para sobreviver e continuar valorizando o imóvel.
Nesta edição de aniversário do Síndico News, coletamos uma série de informações sobre as atenções que se deve ter com o jardim durante os meses mais frios do ano.

Limpeza do jardim
A limpeza das plantas deve continuar, retirando as flores mortas, folhas e galhos secos e, quando necessário, fazer podas de árvores, arbustos e cercas vivas, desde que não estejam florindo. É um período bom para se fazer transplantes de árvores, arbustos e trepadeiras que estiverem em seu período de dormência, pois a perda da seiva e a desidratação são menores.
Nos meses frios, a grama merece cuidado. A limpeza começa com a retirada das ervas daninhas, de preferência, manualmente. Assim, as raízes são extirpadas. Depois disso, a grama pode ser aparada. É recomendável recolher o excesso de aparas. Os restos do corte são retirados com um ancinho ou uma vassoura de arame.
No caso deste procedimento não ser feito, as ervas acabam se sobressaindo em relação à grama, que entra em um período de dormência.  A erva daninha não entra nesse período de dormência, podendo vir a comprometer o gramado se a proliferação da mesma for em excesso.
Nessa época de baixo metabolismo, a aeração é muito importante. Com toda a ação das chuvas dos meses anteriores, pisoteio e acomodação, o solo fica compactado, perdendo a capacidade de oxigenar as raízes. A prática de furação acompanhada da calagem, fosfatagem e uma porção de areia média, aduba e oxigena o gramado, garantindo um belo visual na primavera.
O inverno é a época ideal para a poda das roseiras (em regiões que ocorrem muitas geadas, aconselha-se que a poda seja feita no final do inverno, já nas regiões mais quentes, onde as geadas são mais raras a poda pode ser feita no mês de junho ou julho). As podas são muito importantes para as roseiras e incentivam o surgimento de novos brotos e aumentam a floração.

Cobertura do gramado
É necessário fazer a cobertura do gramado, evitando as queimas pelas baixas temperaturas. Durante a estação das chuvas, grande porção de terra é eliminada, deixando as raízes expostas. Então, é preciso repor a terra perdida. A circulação de ar entre as plantas precisa ser maior para não ocorrer a proliferação de fungos.
A cobertura com terra vegetal incorpora ao solo alguns nutrientes, retém água, mantém a temperatura, acelera a germinação da gramínea e ajuda a nivelar o gramado, cobrindo eventuais buracos. Com isso, a proteção contra geadas está feita. Existem outros produtos orgânicos para o agasalhamento, mas o preço chega a atingir o triplo. O ideal é comprar a terra de boa procedência, que já vem peneirada, seca e livre de pragas.
“Todo procedimento é feito manualmente, após uma avaliação detalhada das condições do gramado”, disse Andre Degobbi, especialista em jardins da ADS Paisagismo. “O material utilizado no método é um composto orgânico”, continuou.
Na chegada da primavera, é feito o replantio, pois as raízes terão bastante tempo para se adaptarem ao novo local. Adubação do gramado e retirada das folhas secas completam o procedimento.

Regas
Por causa da falta de chuvas periódicas, é preciso ficar atento quanto à irrigação, pois nesse período as plantas precisam de menos água do que no verão. A rega é fundamental, pelo menos, duas vezes por semana.
A freqüência deve ser reduzida, pois com a diminuição do calor, a evaporação cai. O excesso de umidade acaba prejudicando a planta, ocorrendo o apodrecimento das raízes, proliferação de fungos e insetos como o pulgão e cochonilhas.
Já os gramados sofrem bastante com as baixas temperaturas e a baixa umidade do ar. Por esse motivo, o nitrogênio, elemento importante, fica pouco disponível, pois o desenvolvimento da grama só acontece acima de uma certa temperatura.

Cuidado com
• Na hora de cuidar do jardim, o síndico precisa consultar sempre um profissional especializado e exigir uma equipe que faça manutenção periódica com os procedimentos corretos, baseados em um projeto adequado de paisagismo. Cuidado com:
• Empresas que fogem muito dos preços em orçamentos. Valor muito baixo é certeza de material de péssima qualidade;
• Pessoas vendendo terra adubada mais barata. Pode haver contaminação por pragas e doenças de solo;
• Materiais que não tenham certeza de idoneidade e garantia;
• Contrate sempre profissionais que se preocupem com a saúde e a beleza das plantas;
• Utilize sempre tecnologias que resultem em qualidade no Jardim.

Lembre-se
• As plantas de interior devem ter suas regas reduzidas. Todo o excesso de umidade acaba sendo convertido em problemas como apodrecimento das raízes e proliferação de fungos.
• Praticamente todas as plantas passam por um período de sofrimento no inverno. As que mais sofrem são as expostas aos agentes de intempéries (variação das condições do tempo). Devido o período de estiagem, as herbáceas são muito prejudicadas, pois necessitam de muita água.
• É importante regar o jardim sempre que possível. Preferencialmente à tarde. As plantas precisam de menos água do que no verão. Mas, assim como nós, a água é fundamental na vida destes seres vivos.
• A ação das chuvas, pisoteio e acomodação deixam o solo compactado, perdendo a capacidade de oxigenar as raízes. A prática de furação acompanhada da calagem, fosfatagem e uma porção de areia média, aduba e oxigena o gramado, garantindo um belo visual na primavera.



  Untitled Document






Untitled Document

Jornal Sindico News - Editora Santa Luiza Ltda.
Tel: 11 5573-0333 - São Paulo - contato@sindiconews.com.br
© COPYRIGHT 2012 - Todos os direitos reservados
 
950316 visitas
 
Desenvolvido por