Untitled Document
Voltar para a Home...   sábado, 23 de setembro de 2017
Siga-nos no Twitter...
Voltar para a Home...

Artigos
TERCEIRIZAÇÃO

Por que sofrer?
Muito se diz sobre a dificuldade do trabalho do síndico. Cada vez mais a missão deste gerente condominial torna-se árdua.

Muito se diz sobre a dificuldade do trabalho do síndico. Cada vez mais a missão deste gerente condominial torna-se árdua, pois ele e a administradora têm mais de 107 atribuições formais administrativas, financeiras, jurídicas e de recursos humanos.  A área de administração de pessoal é das mais difíceis de acompanhar, devido a quantidade de programas e obrigações governamentais, e a complexidade da sua legislação.
Se a execução dos serviços do condomínio fosse terceirizada, mais da metade dessas atribuições formais a cargo do síndico e da administradora seriam eliminados. Imaginem não ter mais empregados próprios, não ser mais empregador, não ter mais folha de pagamento, não ter a preocupação de controlar horas extras, não ter mais custos com vales transportes, cestas básicas, uniformes, programas de saúde e dúzias de outras despesas ou contribuições relacionadas com o pessoal do condomínio.
Não bastasse a quantidade de atribuições e responsabilidades, o síndico precisa ter noções básicas sobre legislação trabalhista, ter um pouco de tempo disponível para conhecer e avaliar os serviços executados pelos empregados, e um mínimo de empenho em melhor equacionar a equipe, de maneira a obter o melhor custo benefício para o condomínio. O sucesso do síndico depende muito do zelador e demais empregados. Se esse zelador for do tipo acomodado, apático, desinteressado, então o síndico tem apenas duas alternativas: aceitá-lo como é, e assumir o comando da equipe de porteiros e faxineiros, cobrar disciplina e obediência às normas, e supervisionar a execução dos trabalhos, ou, você pede à administradora a substituição desse zelador. Daí, você vai se dar conta que é preciso uma pequena fortuna para demiti-lo, e vai constatar, ainda, que alguns condôminos são contrários à demissão, colocando “laços sentimentais” acima dos interesses do condomínio em geral.
Se a situação acima lhe é familiar, considere a terceirização dos serviços do condomínio. A terceirização é a única ferramenta legal disponível, para melhorar sensivelmente a qualidade dos serviços, reduzir custos de maneira eficaz e imediata, e ter a flexibilidade de escolher, a qualquer tempo, empregados de perfil ideal exigido pela função. Todas essas vantagens acabam por refletir na redução substancial dos encargos e responsabilidades atribuídos ao síndico, além do fato de que a redução da taxa condominial dará maior liquidez ao imóvel.

Etore Fuzetti
etore@replaceporterceirizado.com.br
 



  Untitled Document






Untitled Document

Jornal Sindico News - Editora Santa Luiza Ltda.
Tel: 11 5573-0333 - São Paulo - contato@sindiconews.com.br
© COPYRIGHT 2012 - Todos os direitos reservados
 
1001743 visitas
 
Desenvolvido por