Untitled Document
Voltar para a Home...   terça-feira, 26 de setembro de 2017
Siga-nos no Twitter...
Voltar para a Home...

Artigos
TERCEIRIZAÇÃO

O tempo está contra nós...
A terceirização é a única ferramenta legal disponível para você cortar custos de imediato
Poucos condôminos se dão conta de que na medida em que o edifício envelhece, a manutenção passa a exigir gastos cada vez maiores com impermeabilizações, troca de pisos, pintura da fachada, vazamentos, etc. Concomitantemente a essa situação, os empregados também envelhecem. O custo da folha de pagamento, com o reflexo de todos os biênios e quinquênios incluídos, se tornou um peso muito alto, consumindo percentual cada vez maior do montante arrecadado. É sabido que esses benefícios extras nos salários dos empregados próprios faz com que eles se descolem da realidade do mercado, se tornando muito superiores ao piso salarial vigente. A única solução para esse tipo de problema seria a do condomínio promover uma substituição geral dos atuais empregados por outros novos, experientes e treinados na função, o que reduziria em muito o custo com a folha de pagamento. Mas, como promover uma mudança dessas se o condomínio não tem provisões, nem sequer para o 13º salário?  Como levantar R$ 120 mil, R$ 150 mil, ou até R$ 200 mil para indenizar todos os empregados e acabar com o passivo trabalhista de vez? Você síndico, que é o responsável pelo equilíbrio financeiro do condomínio vê essa situação se complicando ainda mais com o passar do tempo, em decorrência da crescente inadimplência. Você ou o Corpo Diretivo terão que tomar uma decisão, mais cedo ou mais tarde, por que o tempo está contra todos nós no sentido de que os condôminos, aqueles que pagam a conta, também envelhecem. Muitos estão desempregados, ou reempregados com ganhos menores, ou aposentados com ganhos diminuídos. Tudo isso contribui para a diminuição da capacidade de pagamento dos condôminos, impossibilitando despesas extras. Alguma decisão no sentido de reverter essa situação de crescentes despesas tem que ser tomada e, o quanto antes for, menor será o tamanho da indenização trabalhista. E se a situação do seu condomínio é mais ou menos essa, a melhor e única solução é a terceirização dos serviços de manutenção, de portaria e de limpeza. A terceirização é a única ferramenta legal disponível para você cortar custos de imediato, para melhorar a segurança e a qualidade dos serviços, e para eliminar o passivo trabalhista para sempre. Mas como terceirizar se o condomínio não tem recursos para indenizar seus empregados? Aí vem a nossa solução: existem empresas sólidas de terceirização que emprestam os recursos necessários para a indenização dos empregados, e financiam esse montante em até 36 meses, a juro simbólico, muito abaixo dos cobrados pelos bancos, mesmo para os consignados. Esse financiamento é geralmente pago com a própria economia proporcionada pela terceirização. Essa afirmação é comprovável por planilhas feitas com os números extraídos do balancete do condomínio. Isso quer dizer que o síndico terá total certeza do valor dessa economia antes de qualquer comprometimento. Assim, ele estará tomando uma decisão consciente dos resultados que alcançará, sem nenhuma chance para surpresas. Uma vez terceirizado, o síndico passa a contar com toda uma estrutura administrativa para apoiá-lo no gerenciamento dos assuntos condominiais, pois contará com supervisores diurnos e noturnos, que se certificam de que os empregados estão devidamente uniformizados e os serviços estão sendo executados conforme as rotinas estabelecidas por escrito. Pelo fato desses novos empregados não estarem registrados no CNPJ do condomínio, o síndico terá total liberdade para pedir a substituição de qualquer um deles, a qualquer tempo, sem qualquer custo adicional, e nem preocupações com possíveis ações trabalhistas. Mesmo que ainda tenha dúvidas quanto ao processo, não hesite em nos consultar e pedir uma proposta. Fazemos uma avaliação completa e descompromissada, dos custos atuais com os custos pós-terceirização, para que tenha noção exata da capacidade de poder pagar as parcelas mensais do empréstimo colocado à disposição. Mais interessante ainda, se o teu condomínio tem poucos apartamentos e já concluíram que o que lhes interessam mesmo é a portaria virtual, ainda assim a proposta de terceirização acima seria uma solução intermediária, pois, ao final do pagamento do financiamento, o condomínio terá total condições de instalar sua portaria virtual sem qualquer despesas com indenizações trabalhistas. 

Etore A. Fuzetti 
etore@replace.com.br


  Untitled Document






Untitled Document

Jornal Sindico News - Editora Santa Luiza Ltda.
Tel: 11 5573-0333 - São Paulo - contato@sindiconews.com.br
© COPYRIGHT 2012 - Todos os direitos reservados
 
1006353 visitas
 
Desenvolvido por