Untitled Document
Voltar para a Home...   sexta-feira, 28 de julho de 2017
Siga-nos no Twitter...
Voltar para a Home...

Artigos
TERCEIRIZAÇÃO

O que custa mais: empregados próprios ou terceirizados?
Mesmo comparando com o custo de empregados recém-contratados, os terceirizados ainda são mais econômicos
Há poucas semanas, um síndico nos comunicou que iria rescindir o contrato de terceirização, alegando que fizeram estudos com a administradora e concluíram que o custo com empregados próprios seria “cinco ou seis mil reais mais barato”... – Disse-lhe de pronto que era impossível. Talvez a administradora não estivesse considerando, nesse custo mensal, os encargos da folha, o 13º salário, as férias anuais, etc. Propusemo-nos, então, a preparar uma planilha comparativa dos custos, com os mesmos empregados existentes, ou seja, 1 zelador, 4 porteiros e 2 auxiliares de limpeza, porém, como se fossem empregados registrados pelo regime do Sindifícios, ou seja, dos empregados próprios, e chegou-se à conclusão de que a economia mensal do condomínio seria de aproximadamente R$ 600,00. Essa redução, porém, é obtida somente nos dois primeiros anos. Como os empregados próprios têm o benefício do “biênio” de 5% a cada 2 anos, ao final do sexto ano os salários de todos estarão 15% mais elevados. Assim, a economia de R$ 600,00, obtida nos primeiros 24 meses, já é consumida no ano seguinte pelo primeiro biênio e, ao final do 3º biênio acumulado, o custo dos empregados próprios passa a ser mais de R$ 2.000,00 mensais maior do que o dos atuais terceirizados, que já estão fixos no condomínio há quase 4 anos. Essa planilha foi submetida à chefe do RH da administradora que não pôs nenhum reparo. Esse estudo comprova que, mesmo comparando com o custo de empregados recém-contratados, os terceirizados ainda são mais econômicos para o condomínio. Imaginem, então, comparar os terceirizados com empregados próprios mais antigos, com mais de 10 anos de registro? Nessa situação, a economia passa a ser tão substancial que permite ao condomínio tomar emprestado o montante necessário para pagar as indenizações, e pagar as parcelas desse empréstimo com a própria economia proporcionada pela terceirização. Ou seja, livra-se do passivo trabalhista sem qualquer chamada extra de caixa. Mas o aspecto financeiro é apenas parte das vantagens da terceirização. A maior vantagem mesmo é o aspecto gerencial dessa mudança. O condomínio passa a não ter mais empregados registrados no seu CNPJ. Não tem mais indenizações a pagar, e nem a ameaça de ações trabalhistas. O síndico pode exercer sua autoridade, exigindo competência e disciplina, sem se preocupar com indenizações. Terceirizados que não correspondem são trocados, e os que precisam se ausentar por qualquer razão são substituídos por outros previamente familiarizados com o condomínio. Vale a pena uma consulta para saber qual a economia que se pode obter com a terceirização. Além da economia, existem outras 21 vantagens para se terceirizar o quanto antes, abrangendo não somente a qualidade dos serviços, mas também a segurança, supervisão monitoramento 24 horas, etc. Consulte-nos e obtenha respostas em menos de 24 horas.

Etore A. Fuzetti
etore@replace.com.br


  Untitled Document






Untitled Document

Jornal Sindico News - Editora Santa Luiza Ltda.
Tel: 11 5573-0333 - São Paulo - contato@sindiconews.com.br
© COPYRIGHT 2012 - Todos os direitos reservados
 
950375 visitas
 
Desenvolvido por