Untitled Document
Voltar para a Home...   terça-feira, 21 de novembro de 2017
Siga-nos no Twitter...
Voltar para a Home...

Artigos
CAIXA D´ÁGUA

Monitoramento remoto do nível de água
Com o monitoramento remoto um tempo absurdo é poupado oferecendo conforto e segurança
Na última edição do Síndico News, falamos sobre a importância do monitoramento remoto de nível de água nos condomínios. Falhas de abastecimento, diminuição da pressão, problemas com as bombas e danos no encanamento provocam a pane seca. Este entrevero costuma pegar o síndico, e consequentemente todos os condôminos, de surpresa. 
A única medida preventiva a ser tomada era pedir para um funcionário subir até o reservatório superior para verificar o nível da água. Vale alertar novamente que esta ação coloca em risco aqueles responsáveis por checar a caixa d’água, quando o acesso ao topo não é dos mais fáceis. 
Jorge Jeferson, diretor e fundador da Águia Rádio Comando, apresentou o sistema de monitoramento de nível de água remoto, com alarme visual e sonoro. Este equipamento acaba com o fator surpresa, permitindo que o síndico possa comunicar previamente os moradores a respeito da queda de abastecimento das unidades. 
É recomendável que o monitor fique em um local que sempre tenha alguém, como a portaria. Quando a água atingir o nível crítico de reserva, geralmente 20%, o porteiro avisa o síndico para que tome alguma providência, seja avisando os moradores ou chamando um caminhão pipa.   
“Nós não iremos gerar ou fornecer mais água ao prédio. O monitoramento garante tempo para o síndico buscar uma solução com antecedência”, explicou Jorge. “Não é necessário fiação na instalação do equipamento. Como é tudo wireless, não há falhas de transmissão por causa de fios quebrados. É muito prático e fácil de instalar”, completou. 
“Vou contar um caso interessante para vocês. Era um condomínio de quatro prédios. Os funcionários tinham sempre que subir, nas quatro torres, para realizar a manobra de abastecimento de água. Como o condomínio só possuía uma bomba, para enviar a água da cisterna para as quatro torres, era necessário que houvesse sempre um funcionário no topo para avisar quando enchesse o reservatório, para desligarem a bomba e iniciarem o abastecimento de outro prédio”, detalhou Jorge. “Hoje, com o monitoramento remoto que instalamos, eles verificam o nível de água, de cada um dos prédios, da guarita, poupando um tempo absurdo e oferecendo conforto e segurança”, finalizou o diretor da Águia Rádio Comando.

Rádio Comando
1. É um conjunto composto por um rádio transmissor e um rádio receptor com as antenas omnidirecionais. 
2. É utilizado para o acionamento elétrico diverso, a longa distância, sem utilizar fios. 
3. O rádio transmissor tem uma entrada digital que, quando acionada, envia um sinal para o receptor ativar uma saída também digital. 
4. No reservatório de água, quatro sensores de nível são instalados e ligados na entrada do transmissor.  Conforme os sensores são ativados, o rádio transmissor manda informação ao rádio receptor para informar os níveis de água. 
5. As antenas direcionais são recomendadas quando houver algum obstáculo de um ponto a outro. Assim, as antenas direcionais aumentam significativamente o alcance de transmissão. 
Para quem não leu a última edição, vamos lembrar como o sistema funciona:  
• São instalados quatro sensores de nível de água dentro do reservatório superior. 
• De cada sensor sai um fio que vai até o rádio transmissor instalado no topo do prédio, o qual envia o sinal até o receptor instalado na guarita. 
•  O receptor informa, através de 4 LEDs, os respectivos níveis de água. 
• Ao chegar aos 20%, um alerta sonoro é ativado. 


  Untitled Document






Untitled Document

Jornal Sindico News - Editora Santa Luiza Ltda.
Tel: 11 5573-0333 - São Paulo - contato@sindiconews.com.br
© COPYRIGHT 2012 - Todos os direitos reservados
 
1122554 visitas
 
Desenvolvido por