Untitled Document
Voltar para a Home...   sábado, 24 de agosto de 2019
Siga-nos no Twitter...
Voltar para a Home...

Artigos
PAUTAS DE PARCEIROS

Assessoria de Imprensa
Mande suas pautas para a nossa redação, já imaginou sua matéria sendo lida por milhares de pessoas?
Det-Tronics traz tecnologias de última geração para feira Brasil Offshore

São Paulo, junho de 2019 – De 25 a 28 de junho, a Det-Tronics, uma das das empresas do Grupo Carrier, estará presente, na Brasil Offshore, com tecnologias inovadoras indicadas especialmente para plataformas de perfuração offshore, estações de compressão de dutos até refinarias.  A líder mundial em fabricação de sistemas de detecção de chama, gás e incêndio para segmentos de petróleo, gás, mineração e segmento de manufatura vai levar, para a feira de Macaé (RJ), um sistema integrado de segurança contra incêndios e gás através de controle de processos, especialmente para offshore.

O objetivo geral de um sistema de segurança de fogo e gás é alertar de eventos perigosos (gases ou vapores, incêndios, etc) de forma muita rápida e precisa, que podem comprometer a vida de seres humanos como da propriedade. Ela ainda oferece redução de respostas a falsos eventos; informaçòes históricas, incluindo calibração, registros de alarme e falhas, além de se comunicar com sistemas de terceiros e de desligamento de emergência. 

Não importa se o processo é upstream, midstream ou dowstream, as soluções de segurança contra incêndio e gás da Det-Tronics são adequadas aos requisitos de aplicações de petróleo e gás de alto valor e alto risco. Todo o sistema, composto de produtos de alta qualidade, são projetados e certificados para funcionar de forma segura em ambientes extremos e locais remotos, muitas vezes não-tripulados, comuns em operações neste segmento. 

Abaixo um sistema integrado de segurança contra incêndios e gás através de controle de processos, especialmente para offshore.

No estande do evento, o público terá acesso ao X3301 Multiespectro, um detector de chama  adequado para aplicações internas e externas que exigem o mais alto nível de rejeição a alarmes falsos e desempenho na detecção de incêndio.

Se o problema for vazamento de gases perigosos e/ou falta de oxigênio, a Det-Tronics tem a solução: GT3000. Compatível com a Unidade de Display Universal FlexVu® UD10 - recomendado para aplicações onde há necessidade de um detector de gás com leitura digital – foi projetado para uso com detectores de gás Det-Tronics, como GT3000, PIR9400, PIRECL, OPECL, C706x, modelo 505/CGS, CGS ou NTMOS, bem como sensores lineares genéricos de 4 a 20 mA. A unidade de display foi desenvolvida e aprovada como dispositivo "autônomo" e executa todas as funções de um controlador de gás.

Outra tecnologia é a Pointwatch Eclipse® Modelo PIRECL - detector de gás combustível por infravermelho, à base de difusão, que fornece monitoramento fixo e contínuo de gás hidrocarboneto inflamável de 0 a 100% do limite inferior de flamabilidade (LFL). É desenvolvido para a proteção em aplicações on/offshore de petróleo, unidades de gás e várias outras práticas industriais onde há produção de hidrocarbonetos.

Já o detector de vazamento de gás acústico FlexSonic® reconhece impressões digitais e detecta vazamentos instantaneamente sob praticamente todas as condições.

Um produto que também estará no evento é o sistema de segurança Det-Tronics Eagle Quantum Premier® (EQP), que fornece detecção de chama e/ou gás, sinalização de alarme, notificação, liberação de agente extintor e/ou operação de inundação. Todos os componentes do sistema estão integrados em uma rede de comunicação digital tolerante a falhas. Ideal para ações industriais severas que exigem um sistema de proteção classificado para locais perigosos.

Empresas do Grupo Carrier

Kidde - é líder no segmento de detecção, alarme e combate contra incêndio e sistemas de automação predial. 

Onity - fabricante de fechaduras eletrônicas, cofres e sistemas de gestão de energia para hotéis.

LenelS2 - líder em soluções de segurança enterprise para projetos que necessitam um alto grau de integração entre sistemas de controle de acesso, vídeo e gestão empresarial.

Supra – sistemas e dispositivos de acesso para locais remotos com aplicativos móveis e alta segurança em gestão

Interlogix - desenvolve soluções para o mercado comercial e residencial em intrusão perimetral, vídeo, controle de acesso e infraestrutura de telecomunicações para sistemas de segurança.

Edwards – líder em fabricação de sistemas de deteção e alarme de incêndio para edifícios de grande porte e integração com automação predial, com mais de 100 anos de experiência em sistemas de proteção à vida.

Automated Logic – empresa fabricante de sistemas de hardware e software indicados para automação predial e gestão de energia para edificações comerciais, indústria, data centers e outros clientes corporativos. A Automated Logic é uma das fundadoras da Associação de Fabricantes BACnet e uma das pioneiras no uso do protocolo de integração BACnet em automação predial.

Autronica – empresa com muitos anos de experiência na fabricação de sistemas de proteção à vida em segmento industrial e offshore

Det-Tronics – empresa líder mundial em fabricação de sistemas de detecção de chama, gás e incêndio para segmentos de petróleo, gás, mineração e segmento de manufatura

Kidde Fire Systems – Empresa fabricante de soluções completas de detecção e combate contra incêndio através de supressão por agentes limpos, como CO2, FM-200™ e Novec™ 1230, aplicáveis para segmentos como data centers, telecomunicações e aplicações especiais

Informações para imprensa:

LN Comunicação
Lucia Nunes – diretora e jornalista responsável
Natielly Santos – auxiliar de comunicação
(11) 3458.7741 / 99968.4105
assessoriadeimprensa@lncomunicacao.com.br
diretoria@lncomunicacao.com.br 

----------------------------------------------------------------------------------------------------

Energia solar é saída para consumidores que desejam baratear a conta de luz
 
No primeiro semestre de 2018, mais de 600 moradores optaram pela instalação dos painéis fotovoltaicos em Campinas
 
Inesgotável, renovável e econômica, a energia solar tem ganhado espaço nas casas e condomínios de Campinas e região. Os painéis fotovoltaicos que concentram a luz solar disseminada e a convertem em energia utilizável tem sido uma saída para os consumidores que procuram alternativas à convencional energia elétrica. Nos últimos dez anos, o custo da energia solar apresentou uma queda de 70%, estatística que explica a presença de 3.851 instalações no Brasil em 2016, e reforça a expectativa de que até 2030, a energia solar corresponda a 10% da matriz energética nacional, segundo dados da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar). 
 
Em Campinas até o final do primeiro semestre de 2018, foram contabilizadas mais de 600 instalações de painéis fotovoltaicos, de acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Além disso, tratando-se de redução de gastos, a energia solar não perde para as demais, principalmente quando instaladas em condomínios, locais em que a economia se dá em escala. "Um sistema bem dimensionado por si só acaba abatendo todo o consumo que o cliente tem em sua conta de energia, gerando uma economia de mais de 90%, seja em uma residência, empresa, comércio ou indústria. Vale lembrar que em uma conta de energia não é cobrado apenas o consumo do cliente, existem tarifas que independem do consumo, como é o caso da tarifa de distribuição”, explica o engenheiro eletricista da Kraft Engenharia, Lucas Scarin. 
 
"Uma residência de médio porte, que em média consuma 450 KWh/mês, chega a gastar mais de R$ 350,00 por mês com conta de energia, um sistema de geração de energia solar proporcionaria a essa residência 100% do seu consumo, então a ponta passaria a ser R$ 0,00 em relação ao consumo", completa o profissional, ressaltando que o sistema gera uma economia que compensa por si só no custo do investimento. 
 
Vantajosos não só no bolso, os painéis fotovoltaicos não exigem manutenção com grande frequência e podem ser instalados em todo o território brasileiro. "O melhor cenário para a geração de energia solar fotovoltaica seria com sol incidente, e em temperaturas mais amenas, isso faz com que o sistema tenha a luz solar, mas não se aqueça demais. Campinas é um lugar bom para esse tipo de geração, pois apresenta condições similares às descritas acima, o que acaba tornando os sistemas mais eficientes", ressalta o engenheiro. 
 
INCENTIVO FISCAL
Com o intuito de incentivar os moradores a aderirem ao sistema de energia solar, algumas cidades aderiram ao IPTU Verde, uma política pública que promove descontos de 10 a 100% no carnê de IPTU aos adeptos. Araraquara e Americana já aderiram ao IPTU Verde. Em Campinas, a política não está em vigor, mas ainda assim não faltam motivos para que os consumidores optem pela fonte sustentável. "O sistema não agrava em nada o ecossistema, pois não emite CO2, não há necessidade de desmatamento, uma vez que a pretensão de instalação é sempre no telhado dos imóveis (residência, empresa, comércio, etc). Outro ponto é a vida útil de um sistema como esse, podendo ser de até 25 anos dependendo do fabricante", diz o especialista.
 
SOBRE A KRAFT ENGENHARIA 
A Kraft Engenharia foi fundada há mais de 10 anos em Campinas e é uma empresa focada em soluções práticas e eficazes de engenharia elétrica. A empresa oferece projetos para instalação de usina solar fotovoltaica, projetos, consultoria para engenharia e instalações elétricas, além de laudo e perícias extrajudiciais.
 
A equipe da Kraft é formada por engenheiros eletricistas e civis formados na PUC-Campinas e que atuam em projetos sustentáveis e econômicos que otimizam os recursos naturais e financeiros.

Kátia Appolinário
Agência ERA de Comunicação e Conteúdo
Fixo: (19) 3289-0920 | Mobile: (11)  9 9929-4672
www.agenciaera.com.br   katia@agenciaera.com.br


---------------------------------------------------------------------------------------------------------

Síndico: 4 dicas para escolher o melhor GLP para seu condomínio

Uma das decisões mais difíceis para um síndico é escolher os fornecedores de serviços e produtos que são necessários em um condomínio.
Quanto mais condôminos, mais são os questionamentos e as cobranças para o síndico. Então, pensando nisso, a Gaslog, empresa especializada em GLP a granel, traz aqui quatro dicas para que você que é síndico escolha de maneira efetiva o melhor serviço de GLP para seu condomínio.
 
1- Granel ou Envasado?
O Granel é sempre mais vantajoso. Em questões de praticidade, aproveitamento de produto – não há residual como nos botijões – e de segurança. Porém, quando o consumo passa dos 400 quilos por mês, a escolha é mais econômica também. Até essa quantidade de consumo o valor é similar.
Se você ainda está com o GLP envasado a dica é sempre observar se a empresa fornecedora está te reembolsando com o gás residual que fica no botijão. O correto é que seja pesado e então dado esse valor remanescente em desconto na conta. O sistema a granel permite melhor aproveitamento do GLP e não possui a troca de vasilhames a cada reabastecimento.

2- Como é feita a cobrança de gás?
Outra observação que você deve fazer ao escolher a companhia distribuidora de gás é a forma como ela faz a cobrança do abastecimento. A conta individual é a forma mais indicada para condomínios, pois é feita diretamente ao condômino, tirando essa responsabilidade do síndico. Isso diminui a inadimplência do condomínio.
Outra dica preciosa é analisar a taxa de leitura cobrada pelas empresas. Esse fator muda o preço final do quilo de gás. Na hora de comparar entre diferentes fornecedores de gás coloque esse valor na conta. Some as taxas de leitura de todos os condôminos e divida pelos quilos totais consumidos, esse valor irá mostrar o custo real que você está pagando pelo GLP. A Gaslog é a única empresa do setor que não cobra taxa de leitura.

3 - A instalação deve respeitar o projeto
A empresa selecionada para fornecer o GLP ao seu condomínio deve sempre respeitar o projeto de instalação estrutural. Neste projeto, que geralmente é entregue pela construtora, há as garantias de segurança de operação desse produto. E, em caso de sinistro, não haverá problemas com o seguro.

4 - Se atente às normas
A norma 13523 de 2017 regulariza, dentro da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), as instalações e manipulação dos equipamentos da central de gás do condomínio. Situações corriqueiras do dia a dia podem comprometer a segurança, como colocar uma extensão elétrica próxima para um cortador de gramas, por exemplo. Ou mesmo ou construir uma cobertura de chuva que em parte cubra a central de gás. Parece simples, mas podem afetar diretamente a segurança do local. Não aceite sugestões de mudanças pela companhia de GLP sem antes consultar as normas que regem o setor.
Conheça mais sobre as possibilidades do GLP no site www.gaslog.com.br ou pela página no facebook www.facebok.com/Gaslog.

Sobre a Gaslog
A GASLOG atua há mais de dez anos na distribuição de gás liquefeito de petróleo (GLP) a granel fornecido pela Petrobrás. A empresa é credenciada pela Agência Nacional de Petróleo (ANP) para atuar em todo o território nacional, hoje está presente nos estados do Paraná e Santa Catarina. A expertise da GASLOG com o GLP a granel a credencia como especialista no dimensionamento e implantação de instalações de GLP para atender as demandas de clientes dos segmentos industrial, residencial, comercial, serviços e agronegócio. Por ter uma filosofia de transparência e respeito pelo seu cliente a Gaslog é a empresa que mais cresce no Sul do país, sendo referência no Mercado em oferecer atendimento eficaz e personalizado.

Rafaella Malucelli
+55 |41| 9 9666-8282

_______________________________________________________________________________


Falta de manutenção elétrica pode gerar acidentes em casas e condomínios
 
Engenheiro eletricista alerta sobre a importância da manutenção na rede elétrica dos imóveis para evitar acidentes
 
Além do entretenimento, os eletrodomésticos também trouxeram conforto e praticidade às tarefas do lar. Aparelhos como forno micro-ondas, televisores e ferros de passar, tornaram-se itens indispensáveis, porém, assim como outros utensílios domésticos, exigem cuidados. Por isso, atentar-se à manutenção dos aparelhos eletroeletrônicos, bem como à rede elétrica residencial, é primordial para o prolongamento da vida útil dos utensílios e para a redução do valor da conta de luz, principalmente em tempos de bandeira vermelha.

O engenheiro eletricista, Lucas Scarin, responsável por projetos elétricos na Kraft Engenharia, ressalta a importância de checar previamente se os imóveis possuem capacidade elétrica suficiente para suprir a instalação de novos eletrodomésticos. “É muito comum as pessoas terem vários equipamentos em casa, e irem instalando novos sem consultarem um especialista para dimensionar as instalações. Esse cuidado pode evitar sobrecargas, curtos-circuitos, e até mesmo incêndios", alerta o profissional, relembrando que, recentemente, um curto circuito resultou em incêndio no edifício Wilton Paes de Almeida, em São Paulo.  "Pode parecer algo simples, mas quando não tomadas as devidas medidas preventivas, as consequências podem ser graves”, completa.
Segundo o engenheiro, imóveis antigos merecem atenção especial, uma vez que estes possuem fios elétricos rígidos, que fazem com que a condução de energia seja menor, além de gerar uma maior quantidade de calor e, consequentemente, uma maior perda de energia. “Quando um imóvel é construído, seja ele residencial ou comercial, é de extrema importância que seja realizado um projeto elétrico que dimensione as instalações para fornecer a capacidade adequada que a casa necessita para funcionar de forma segura", reitera.
Outra dica de segurança é utilizar com cautela os “Ts”, também conhecidos como benjamins. Não sobrecarregar as saídas de energia evita acidentes elétricos no interior das residências. "As melhores formas de se prevenir consistem no dimensionamento da instalação elétrica antes de construir um imóvel e, no caso de imóveis usados, contratar um especialista para verificar as instalações. Em alguns casos, pode ser necessário consultar a concessionária responsável para verificar se a instalação da entrada de energia do imóvel é compatível com o perfil de consumo do mesmo", constata.

Sobre a Kraft Engenharia
A Kraft Engenharia foi fundada há mais de 10 anos em Campinas e é uma empresa focada em soluções práticas e eficazes de engenharia elétrica. A empresa oferece projetos para instalação de usina solar fotovoltaica, projetos, consultoria para engenharia e instalações elétricas, além de laudo e perícias extrajudiciais.

A equipe da Kraft é formada por engenheiros eletricistas e civis formados na PUC-Campinas e que atuam em projetos sustentáveis e econômicos que otimizam os recursos naturais e financeiros. 

Kátia Appolinário
Agência ERA de Comunicação e Conteúdo
Fixo: (19) 3289-0920 | Mobile: (11) 9 9929-4672
www.agenciaera.com.br   katia@agenciaera.com.br

_______________________________________________________________________________


LN350-R da Nice promete o fim das filas em portarias!
Leitor QrCode possibilita envio de códigos personalizados 
para liberação dos visitantes

 O sistema de segurança em grandes condomínios é essencial. Quem escolhe este tipo de moradia tem a tranquilidade que apenas pessoas autorizadas podem adentrar ao espaço de residências. No entanto, em dias de grande movimentação como finais de semana ou feriados, visitantes podem esperar por longos períodos a liberação da entrada. Além de ser um transtorno, pode ser perigoso, já que todos ficam expostos a ações de terceiros.

Pensando em minimizar esta situação, a Nice Brasil traz para o mercado este mês o Leitor QR Code LN350-R. O novo equipamento, que faz parte da linha de controle de acesso da multinacional, oferece para os moradores de condomínios a possibilidade de enviar para seus visitantes via mensagem instantânea, o código para liberar acesso direto na portaria.

O diferencial do equipamento é a possibilidade de estabelecer em um único arquivo o horário de entrada e saída do visitante. Além disso, o QR Code não pode ser usado por nenhuma outra pessoa a não ser aquela que recebeu o arquivo. “O morador, por exemplo, quando for fazer um churrasco, pode enviar o QR Code para os amigos terem acesso ao condomínio apenas no horário do evento. E cada um terá o seu arquivo. Se outra pessoa tentar passar, não vai conseguir o acesso porque o código terá o telefone para qual foi enviado. Segurança e praticidade são os pontos fortes da Nice Brasil!”, garante o gerente de vendas da Nice Brasil, André Dini.

Sobre a Nice

Fundada na Itália nos anos 90, a Nice cresceu e evoluiu rapidamente em todo o mundo, com presença em mais de 100 países, é hoje referência internacional em automação para casas e prédios e segurança eletrônica, com extensa oferta de produtos de sistemas de automação integrados para portas, portões e cancelas; toldos, persianas e cortinas; sistemas de alarmes e controle de acesso para residências, comércios e indústrias.

Os produtos têm como objetivo melhorar a qualidade de vida de seus consumidores, simplificando movimentos do dia a dia, com o conforto entrar e sair de casa, através de produtos práticos e design emocional.

No Brasil, o Grupo Nice possui 4 marcas:  Nice, Peccinin, Genno e Linear-HCS. O Grupo entrou no mercado Latino Americano adquirindo a Peccinin em 2011, grande empresa brasileira com mais de 30 anos e líder no segmento de automação de portões. Em 2015, iniciou processo de aquisição da Genno, aumentando ainda mais seu portfólio de produtos e serviços no segmento de segurança. A mais recente marca a fazer parte do grupo a partir de janeiro de 2018, foi a Linear, líder em soluções de controle de acesso para condomínios. 

Serviço
NICE Brasil
Marginal Via Anhanguera, km 144, Limeira-SP
www.nice.com.br

Núria de Oliveira
Coord. de Comunicação
(19) 99 199-4025


----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Tecnologia para combater o crime

Em tempos de insegurança no país, multinacional investe no Brasil e traz alta tecnologia para reduzir riscos 


Segundo a 2018 Global Law and Order, pesquisa de opinião do Instituto Gallup divulgada em junho deste ano, o Brasil está em quarto lugar entre 147 nações, no ranking de insegurança mundial.  O alto índice de criminalidade no país, a falta de confiança na polícia e ainda o aumento de assaltos nas ruas dá ao país essa assustadora colocação.

Em 2015, o Brasil sequer estava no ranking dos dez países em que há pior sensação de segurança. Em 2016, no entanto, apareceu em sétimo e, em 2017, subiu para quarta posição, com somente 31% dos entrevistados dizendo que se sentiam seguros, o mesmo percentual da África do Sul. Nesse ranking, o Brasil fica atrás apenas do Gabão (25% dizem se sentir seguros), do Afeganistão (20%) e da Venezuela, o líder da pesquisa (17%).

De acordo com dados coletados pela campanha Instinto de Vida, realizada em 2017 pelo Instituto Igarapé, a cada quatro pessoas assassinadas no mundo, uma é brasileira, colombiana ou venezuelana. 38% dos assassinatos no planeta ocorrem na América Latina, uma região que concentra 8% da população mundial. 

É neste cenário, que empresas multinacionais especializadas no setor de segurança residencial, condominial e empresarial, veem o Brasil como mercado em franco crescimento para equipamentos de segurança ágeis e modernos.

Automação de portões, tecnologias de ponta para controles de acesso, leitura facial e Qrcode são alguns dos destaques que colocam a inteligência dos pesquisadores e engenheiros a favor da segurança.
 
Nice Brasil descobriu nosso mercado

Fundada na Itália nos anos 90, uma empresa referência internacional em automação para casas e prédios e segurança eletrônica chegou ao Brasil para ficar. Nice Brasil adquiriu quatro marcas em pouco mais de sete anos e continua investindo por todo o país, adquirindo marcas que já são referência no mercado a fim de aumentar seu portfolio de produtos e oferecer o melhor suporte ao consumidor quando o assunto for equipamentos de segurança.

The Nice Group cresceu e evoluiu rapidamente em todo o mundo, com presença em mais de 100 países, e hoje, oferece uma extensa oferta de produtos de sistemas de automação integrados para portas, portões e cancelas; toldos, persianas e cortinas; sistemas de alarmes e controle de acesso para residências, condomínios, comércios e indústrias.

No Brasil, a empresa esta imprimindo em seus produtos excelência, design e custos competitivos a fim de que os brasileiros possam ter acesso a controles de segurança de norte a sul do país. 

O futuro chegou mais cedo para nos proteger 

O rosto como chave não é coisa do futuro. O leitor facial da Nice possui duas câmeras de captura, sendo uma com infravermelho para leitura em ambientes escuros, e visor LCD de 2,8’’ sensível ao toque. O mapeamento do rosto é feito no tempo recorde de 1 segundo e tem capacidade para 300 usuários e até 200 mil registros.

Outra inovação são as fechaduras eletrônicas com leitor biométrico em que o proprietário pode interagir através de smartphone. Chamado de LN-5000, o equipamento possui teclado touch screen de OLED intuitivo, bluetooth, aplicativo para configuração, visualização e gravação de eventos e abertura de fechadura, função “toque para abrir” para iOS ou “Mexa para abrir” no Android.

Para quem já está habituado com o leitor QR Code, o produto L350R da Nice oferece para os moradores de grandes condomínios a possibilidade de enviar uma mensagem instantânea com código de acesso para seus visitantes, liberando acesso na portaria. O diferencial do equipamento desenvolvido é a possibilidade de estabelecer em um único arquivo o horário de entrada e saída do visitante. Além disso, o QR Code não pode ser usado por nenhuma outra pessoa a não ser aquela que recebeu o arquivo. 

Segurança eletrônica

Neste segmento, a novidade fica por conta do novo modelo de alarme desenvolvido pela Nice, o Cloud Alarm, agora com Ethernet/Wifi que pode ser conectado na rede de internet da residência para emitir informações ao usuário através do aplicativo.

O alarme oferece a possibilidade de expansão de até cinco saídas que permitem a funcionalidade de automação da casa de outros equipamentos como a luz de entrada da casa, cerca elétrica, automatizador do portão, piscina aquecida ou até mesmo uma cafeteira um eletrodoméstico. Tudo pode ser feito pelo controle remoto ou pelo aplicativo para celular que é fácil de usar e intuitivo. 

Velocidade x criminalidade
 
O cidadão de bem deve ser mais rápido do que os criminosos. A velocidade no fechamento e abertura dos portões desenvolvidos pela Nice do Brasil na linha Hi-Speed garante até 5 segundos de abertura/fechamento do portão. A opção é excelente para entrar e sair com rapidez, garantindo segurança contra ações furtivas de desconhecidos; excelente para área de alto tráfego e perfeita para garantir mais segurança para crianças e animais domésticos no interior da casa. 

Serviço
NICE Brasil
Marginal Via Anhanguera, km 144, Limeira-SP
www.nice.com.br


Informações com a jornalista responsável
Núria de Oliveira – (19) 3645-6566
nuria@gargantini.com.br
Gargantini Comunicação Estratégica
www.gargantini.com.br

----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Seis dicas para economizar água nos condomínios

Por Danny Braz

Mais uma vez o Brasil enfrenta um período de estiagem intensa. A falta de água se tornou rotina na vida do cidadão em diversas regiões do país. Vários municípios já têm seus próprios esquemas de racionamento. Alguns estão em estado de emergência. Entretanto, cortar o fornecimento não basta - além de não ser uma das saídas mais produtivas na relação entre município e população. Trata-se de uma atitude extremista que geralmente traz grandes transtornos.

Um grupo que sofre bastante são os dos moradores de condomínios. Devido aos esquemas de cobrança serem destinados ao condomínio como um todo, e não ao morador de forma individual, muitas vezes se torna difícil controlar os gastos do grupo. Pessoas menos preocupadas acabam gastando mais do que deveriam. Por esse motivo, listei aqui seis dicas para economizar água nesses locais, garantindo resultado e respeito ao meio ambiente.

Sistema de captação de água de chuva: A água da chuva é extremamente subaproveitada nas grandes cidades. É um recurso disponível e que pode ser devidamente armazenado para momentos de necessidade, além de ser usado para diversos fins que vão da manutenção das áreas comuns, como jardins, pátios e fachadas, até o reuso dentro das residências. O sistema capta, filtra e distribui a água para o condomínio inteiro. Os custos de implementação divididos para todos os moradores é algo irrisório.

Irrigação inteligente: Muitos condomínios possuem áreas comuns com jardim. Esses locais representam um espaço de relaxamento e lazer que precisa ser preservado, mas que demanda bastante água. Um sistema de irrigação inteligente, além de usar a água captada da chuva, consegue promover uma irrigação por gotejamento nas quantidades exatas da necessidade de cada planta. A economia é imensa, pois não se usa uma gota a mais do que o necessário para manter a vegetação saudável.

Vasos sanitários com caixa acoplada: Prédios antigos possuem sistemas de descarga antiquados tanto nas áreas comuns quanto nos apartamentos, e que não dialogam com a realidade de estiagem atual. Promover a troca dos vasos sanitários para os de caixa acoplada representa uma grande economia de água. Aliado à captação de água da chuva, é possível zerar o uso de água potável nesses ambientes comuns e até mesmo dentro dos apartamentos.

Checar vazamentos: É preciso manter uma atenção especial na identificação de vazamentos. Gotinhas pingando por dias representam vários litros de água desperdiçados. Muitos condomínios ignoram esses pequenos vazamentos, postergando o conserto. Síndicos e moradores precisam se unir à procura até dos mais simples e providenciar a devida manutenção.

Individualize a água: Embora delicada, essa é uma questão importante. Individualizar os registros de água é interessante no sentido de estimular a economia de cada morador. Quando a conta vem para o condomínio, muitas pessoas com baixo nível de consciência ambiental não se veem na obrigação de colaborar e reduzir o consumo. Separar as contas pode ser a única saída para reduzir o consumo individual.

Faça campanhas de conscientização: Mais do que colar cartazes, fazer comunicados e até mesmo palestras, é importante trazer a responsabilidade pelo uso da água para cada morador. Multas ou atenuações de contas são motivadores que levam para o bolso do morador a responsabilidade pelo bom ou mau uso desse recurso natural. É preciso conscientizar o morador do seu status de coletivo, das necessidades da comunidade e das limitações de recursos. Somente assim atitudes coletivas se tornam individuais, e a economia de água se torna não mais um momento de racionamento, mas uma nova postura de cultura e convívio social.

Danny Braz é engenheiro civil, consultor internacional com foco em construções 
verdes e diretor geral da empresa Regatec.

Sobre a Regatec: http://www.regatec.com.br/

A Regatec é uma empresa especializada em irrigação para paisagismo e campos esportivos. É a primeira empresa brasileira a se especializar em irrigação e automação por controle central, assim como foi a primeira distribuidora da marca Rain Bird, pioneira em irrigação de estágios, campos de futebol. Dispõe de know-how próprio, que faz adequação da cultura e dos produtos nacionais aos rígidos critérios internacionais para a total eficiência na irrigação.

Informações para a imprensa:
InformaMídia Comunicação
Welton Ramos
welton@informamidia.com.br
(11) 2834 9295 / (11) 98760 7396

----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Tecnologias invadem o jardim

Por Danny Braz

À primeira vista, o jardim pode parecer o local menos tecnológico de uma residência. A proposta do ambiente é proporcionar um maior contato com a natureza em detrimento do pesado cenário urbano, possibilitando bem estar e relaxamento. Entretanto, não é preciso abrir mão das soluções tecnológicas para ter tudo isso e muito mais. Veja algumas tecnologias capazes de melhorar a experiência em um jardim e ainda ampliar suas funções de sustentabilidade.

Captação de água da chuva: Não é necessário gastar vários litros de água para manter a beleza das folhas, flores e gramados. Com um sistema de captação da chuva, é possível armazenar água nos períodos chuvosos para reutilizá-la nos meses de seca. Essa solução é bastante simples, favorece o meio ambiente e ainda poupa recursos financeiros.

Irrigação por gotejamento: Nem todos sabem, mas cada espécie de planta tem necessidades diferentes de irrigação. Ao irrigar todas da mesma maneira, é comum vermos algumas que crescem e se mantem vívidas enquanto outras murcham e acabam não resistindo. Isso acontece pelo excesso ou falta de água. Com esse sistema inteligente de irrigação, é possível garantir a dose certa para cada uma com grande precisão.

Previsão do tempo: Já existe um sensor capaz de identificar o nível de umidade do solo, podendo suspender a irrigação automaticamente em caso de previsão de chuva. Esse sistema se conecta diretamente aos portais de previsão do tempo, controlando a irrigação conforme a demanda do jardim. Para quem viaja muito ou tem pouco tempo, é uma solução perfeita, já que o controle é feito de forma automatizada.

Captação de energia solar: Essa é uma tecnologia em grande expansão no Brasil, devido à forte irradiação solar que temos no país. Os painéis abastecem não só os sistemas de controle do jardim, mas a própria residência. Posicionados de forma a dialogarem com o paisagismo, eles ampliam o conceito de sustentabilidade do ambiente.

Iluminação: Um belo jardim também deve ser apreciado à noite. Há inúmeras tecnologias envolvendo iluminação programáveis via aplicativos, com várias possibilidades de cores e formatos. O melhor é que esses sistemas podem ser abastecidos pela energia gerada ali mesmo.

Gerenciamento centralizado: Boa parte dessas tecnologias podem ser gerenciadas por um controle central, capaz de programar a irrigação das plantas, ascender as luzes ou mesmo verificar o nível de água dos reservatórios. Tudo isso proporciona muito mais comodidade para o morador, que pode cuidar do seu jardim à distância.

Essas e tantas outras soluções que são desenvolvidas constantemente tem como único objetivo promover melhorias para esse ambiente tão especial para qualquer residência. Com elas, é possível desfrutar de um ambiente cuidadosamente pensado e planejado para ser palco de grandes momentos entre família e amigos.

Danny Braz é engenheiro civil, consultor internacional com foco em construções verdes e diretor geral da empresa Regatec.

Sobre a Regatec: http://www.regatec.com.br/

A Regatec é uma empresa especializada em irrigação para paisagismo e campos esportivos. É a primeira empresa brasileira a se especializar em irrigação e automação por controle central, assim como foi a primeira distribuidora da marca Rain Bird, pioneira em irrigação de estágios, campos de futebol. Dispõe de know-how próprio, que faz adequação da cultura e dos produtos nacionais aos rígidos critérios internacionais para a total eficiência na irrigação.

Informações para a imprensa:
InformaMídia Comunicação
Welton Ramos
welton@informamidia.com.br
(11) 2834 9295 / (11) 98760 7396

----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Imóveis: Fiança Social é lançada para facilitar aluguel 
Alocat desburocratiza processo com sistema associativo que substitui fiador tradicional e 
seguro-fiança; imobiliárias aumentam contratos de locação

Um dos maiores desafios – se não o maior – no aluguel de imóveis é a inadimplência. O seguro-fiança e o fiador tradicional foram soluções encontradas para evitar esse problema, mas que dificultaram o processo para quem precisa alugar um imóvel e não tem dinheiro extra ou bons contatos. Percebendo esse entrave, a Alocat (www.alocat.com.br) lança a Fiança Social, que desburocratiza a contratação do aluguel e aumenta o volume de negociações das imobiliárias – e com segurança.

A organização mantém associados, em sua maioria locatários, que contribuem mensalmente com um valor extra no aluguel, direcionado a cobrir possíveis inadimplências. A contribuição varia entre 5,91% e 7,5% adicionais para o residencial e entre 7,25% e 8,58% para o comercial, podendo mudar conforme o plano escolhido.

“Hoje, a locação com fiador representa cerca de 80% dos casos. Mas se o locatário não mantiver o pagamento em dia, além das dívidas, geram-se conflitos e constrangimentos entre familiares e amigos. A Alocat elimina essa dependência e, também, o alto custo e burocracia do seguro-fiança”, afirma o gerente Walter Igino.

Os benefícios
São três planos disponíveis: o Bronze, que cobre apenas o aluguel; o Prata, que também inclui os encargos legais (IPTU e condomínio); e o Ouro, que abrange a cobertura dos dois outros, também garante a quitação de multas pelo atraso e rescisão do contrato e, ainda, oferece a assistência residencial – uma série de prestadores de serviço para casa, como eletricista, chaveiro, encanador, entre outros.

A análise do perfil é gratuita, feita digitalmente e concluída em até 48h. “Oferecemos tudo o que as demais modalidades de garantia têm, por um valor mais vantajoso e com pagamento facilitado”, declara Walter.

Os associados da Alocat também desfrutam de um clube de benefícios, que inclui uma rede de descontos com mais de 400 marcas em farmácias, e-commerces, livrarias, clínicas de estética, cinemas, lojas de departamento, entre outros, sem nenhum custo adicional para quem aderiu à Fiança Social. Além disso, podem contratar por preços mais acessíveis assistência PET e assistência residencial (exceto no plano Ouro, que já inclui este último).

Já as imobiliárias conseguem oferecer aos clientes um produto desburocratizado e a baixo custo – sem juros e correção monetária durante o período de locação –, aumentando o fechamento de contratos. “Ter uma conta de celular não quitada, por exemplo, pode impedir alguém de alugar um imóvel. Isso não é justo, já que não implica necessariamente a impossibilidade de manter o aluguel”, segundo o gerente. Entre outras vantagens, a modalidade independe de limite de cartão de crédito ou de terceiros com renda ou imóvel disponíveis, o que também expande o nicho de clientes.

A Fiança Social representa um caminho para o mercado imobiliário se atualizar. A própria Alocat foi fundada por um grupo de proprietários e locatários e que perceberam no dia a dia a dificuldade em alugar os imóveis pelas limitações das garantias disponíveis. Idealizada na capital mineira, a meta da Associação é ter 1 mil imobiliárias conveniadas em Minas Gerais até o final de 2019 e iniciar a expansão pelo Brasil.

Sobre a Alocat
Plataforma sem fins lucrativos de benefícios imobiliários que lançou em 2018 a Fiança Social, modelo baseado em sistema associativo. Em sua maioria locatários, os associados contribuem mensalmente com um valor que é destinado a cobrir a inadimplência uns dos outros. As imobiliárias podem oferecer planos da Fiança Social diferenciados e menos burocratizados. Fundada em Belo Horizonte por vários proprietários e locatários que passaram por dificuldades na locação de imóveis, especialmente os custos de não conseguir alugar e a perda de oportunidades por falta de garantia. www.alocat.com.br.  

----------------------------------------------------------------------------------------------------------

A Superlógica anuncia a 3ª temporada do Superlógica Next, maior evento itinerante para administradores de condomínios do Brasil, 
que vai circular por 12 cidades até novembro.

Maior evento itinerante para administradores de condomínios mostra como setor pode ser mais rentável
                                                                                                                                                               
Esta é a terceira temporada do Superlógica Next, que apresenta as mais novas tendências para o setor e acontecerá em 12 cidades, começando por Recife e Natal, em 26 e 28/3
A Superlógica, empresa que desenvolve o software de gestão mais usado por administradoras de condomínios no país, anuncia a 3ª temporada do Superlógica Next, maior evento itinerante para administradores de condomínios do Brasil. Neste ano, um dos principais objetivos é mostrar como as administradoras podem tornar suas operações ainda mais rentáveis, elencando estratégias para atingir novas fontes de receita.
As 12 edições acontecem em diferentes cidades, sendo as duas primeiras em Recife e Natal, em 26 e 28 de março, respectivamente. O evento nasceu com a proposta de desvendar o futuro da administração condominial, elevar o potencial das empresas do segmento e prepará-las para as mudanças que devem acontecer no mercado nos próximos anos. Na sequência, acontecerão eventos em Santos, Curitiba, Belo Horizonte, Goiânia, Brasília, Ribeirão Preto, Fortaleza, São Luís, Salvador e São Paulo. Hoje a média de público ultrapassa os 200 participantes em cada uma das edições. A temporada de eventos tem o patrocínio da Kiper, que oferece solução tecnológica para condomínios, e do PJBank, conta digital para empresas.

“As administradoras de condomínios ainda enfrentam muitos desafios para crescer e se tornarem mais eficientes. Nosso propósito em 2019 é estar ao lado dessas empresas para mostrar como elas podem se transformar e gerir seus empreendimentos. Queremos ajudá-las a se adaptarem mais rapidamente à evolução digital que está mudando o cenário dos negócios em todo o mundo”, afirma André Baldini, CEO da Superlógica.

 Baldini conta que esta terceira temporada de eventos continuará apresentando as principais inovações tecnológicas do setor, mas principalmente, se preocupará em esmiuçar o passo a passo de como implementá-las. “Reunimos os principais nomes que estão transformando o mercado condominial  com a intenção de trazer mais conveniência e economia aos condomínios, além de mais rentabilidade para as administradoras”, acrescenta.

 Entre as temáticas do evento estão: como ganhar dinheiro com venda cruzada, o que a administração digital tem a ver com seu lucro, como resolver o problema de inadimplência e ganhar dinheiro e como fazer o seu time respirar seu propósito e transformar seu negócio.

 Serviço

Evento: 3ª temporada do Superlógica Next 2019

Site: https://next.superlogica.com/

Cidades, datas das edições e ingressos:

Curitiba (PR): 27 de junho

https://www.sympla.com.br/superlogica-next-2019-novas-fontes-de-receita-para-administradoras-de-condominios__461624

Belo Horizonte (MG): 30 de julho

https://www.sympla.com.br/superlogica-next-2019-novas-fontes-de-receita-para-administradoras-de-condominios__461637

Goiânia (GO): 20 de agosto

https://www.sympla.com.br/superlogica-next-2019-novas-fontes-de-receita-para-administradoras-de-condominios__461641

Brasília (DF): 22 de agosto

https://www.sympla.com.br/superlogica-next-2019-novas-fontes-de-receita-para-administradoras-de-condominios__461644

Ribeirão Preto (SP): 12 de setembro

https://www.sympla.com.br/superlogica-next-2019-novas-fontes-de-receita-para-administradoras-de-condominios__461647

Fortaleza (CE): 1º de outubro

https://www.sympla.com.br/superlogica-next-2019-novas-fontes-de-receita-para-administradoras-de-condominios__461649

São Luís (MA): 4 de outubro

https://www.sympla.com.br/superlogica-next-2019-novas-fontes-de-receita-para-administradoras-de-condominios__461648

Salvador (BA): 31 de outubro

https://www.sympla.com.br/superlogica-next-2019-novas-fontes-de-receita-para-administradoras-de-condominios__461653

São Paulo (SP) : 28 de novembro

https://www.sympla.com.br/superlogica-next-2019-novas-fontes-de-receita-para-administradoras-de-condominios__461658

Sobre a Superlógica - https://www.superlogica.com

A Superlógica é líder do mercado brasileiro de software de gestão (ERP) para empresas que atuam com serviços recorrentes. Com mais de 5 mil clientes ativos, oferece um sistema financeiro online completo para empresas e instituições que cobram assinaturas e mensalidades, como aluguéis, condomínios, softwares, clubes, revistas, academias, escolas e faculdades.

Informações para a imprensa:

Medialink Comunicação - (11) 3817-2131 - ramal 109
Raul Fagundes - raul.fagundes@medialink.com.br
Fernando Marchi - fernando.marchi@medialink.com.br
Rômulo Madureira - romulo.madureira@medialink.com.br


  Untitled Document





Untitled Document

Jornal Sindico News - Editora Santa Luiza Ltda.
Tel: 11 5573-0333 - São Paulo - contato@sindiconews.com.br
© COPYRIGHT 2012 - Todos os direitos reservados
 
2230074 visitas
 
Desenvolvido por