Untitled Document
Voltar para a Home...   segunda-feira, 20 de novembro de 2017
Siga-nos no Twitter...
Voltar para a Home...

Artigos
SEGURANÇA

As câmeras de segurança são os olhos dos condomínios
É a tecnologia a serviço do bem estar, tranquilidade e segurança do Homem e, para tanto, deve ser muito bem aproveitada na proteção condominial.
O sistema de CFTV é um dos equipamentos eletrônicos de segurança mais utilizados na proteção de condomínios, pois permite que se tenha a visão de locais isolados ou que estejam fora de alcance, facilitando o controle dos pontos sensíveis e vulneráveis das edificações. Tudo isto num custo razoável.
Através de câmeras, com ou sem fio, instaladas em pontos estratégicos do condomínio, é possível ter uma visualização de todo o ambiente. É um equipamento confiável, pois permite ter a visão de locais isolados ou que estejam fora do alcance do porteiro ou mesmo do corpo de seguranças. O Circuito Fechado de TV é composto de um monitor e uma ou uma série de câmeras instaladas nos principais pontos da edificação, possuindo imagem analógica e digital, transmitidas por meio de rede metálica, fibra óptica ou radiofrequencia. Sua utilização é muito necessária à segurança das pessoas e do patrimônio, principalmente no horário noturno. É recomendável a instalação das câmeras de vídeo com movimentação em 360º, de forma que possibilite a varredura das áreas desejadas, tais como jardins e locais de lazer. O monitor de TV e os comandos do sistema, inclusive os de iluminação, podem ser instalados em algum closet (local sigiloso) na área privativa pois, normalmente, é à noite que o sistema é mais necessário. Assim, os funcionários do condomínio não se expõem nas janelas ou nos jardins para averiguar se está tudo normal.
Atualmente, existe o sistema de CFTV digital, conhecido como DVR (Digital Vídeo Record), que são sistemas informatizados para monitoramento, gravação e transmissão de imagens de câmeras, diretamente montadas em um microcomputador ou em aparelhos específicos e dedicados (stand alone), com qualidades e velocidades muito superiores aos sistemas convencionais de CFTV. O sistema multicam, com “vídeo-motion detection technology”, grava somente objetos em movimento de janelas marcadas na tela de cada câmera. Estes registros são digitalizados, capturados com data e hora, comprimidos e guardados no hard disk (hd) de um micro como arquivos para posterior observação. Com isto, não se grava mais o tempo todo como os times lapse de sistemas de CFTV convencionais.
Como podemos observar, a utilização do CFTV é de suma importância, pois por meio deste é que se pode  prevenir e até inibir atos de vandalismo ou qualquer outro delito que possa ocorrer  no interior das edificações. Através dele é que se tem uma visão “global” do prédio, visto que  ele está  alerta a tudo, a todo instante e em tempo real, sendo considerado o “vigia eletrônico” que fica sempre atento e de “olho” nos condomínios.
Não podemos nos esquecer de treinar os funcionários para que possam utilizar os equipamentos eletrônicos e agir em situações de emergência.
Portanto, é a tecnologia a serviço do bem estar, tranquilidade e segurança do Homem e, para tanto, deve ser muito bem aproveitada na proteção condominial.

José Elias de Godoy
Especialista de Segurança em
Condomínios e autor dos livros
“Manual de Segurança em
Condomínios’’ e “Técnicas de
Segurança em Condomínios”.
elias@suat.com.br


  Untitled Document





Untitled Document

Jornal Sindico News - Editora Santa Luiza Ltda.
Tel: 11 5573-0333 - São Paulo - contato@sindiconews.com.br
© COPYRIGHT 2012 - Todos os direitos reservados
 
1120505 visitas
 
Desenvolvido por