Untitled Document
Voltar para a Home...   sábado, 23 de setembro de 2017
Siga-nos no Twitter...
Voltar para a Home...

Artigos
TERCEIRIZAÇÃO

Apesar do aumento, as vantagens da terceirização permanecem
Não obstante o aumento de 10,94% nos salários dos empregados terceirizados a partir de 1º de janeiro

Não obstante o aumento de 10,94% nos salários dos empregados terceirizados a partir de 1º de janeiro, o nível de ganhos desses empregados continuam abaixo dos empregados próprios. Os porteiros próprios recebem R$ 925,90, enquanto que os terceirizados, agora, recebem R$ 910,00. Os faxineiros próprios, no entanto, continuam ganhando muito mais do que os terceirizados. São R$ 885,23, contra R$ 755,50. Ou seja, R$ 130,00 de diferença. Fazemos essa comparação para concluir que nos próximos 12 meses as empresas de terceirização terão a dupla vantagem de praticamente eliminar a rotatividade nas portarias, e ainda poder oferecer custos competitivos para os condomínios. Mesmo considerando que em vista desse recente aumento, não há mais vantagem financeira com a terceirização, raciocine conosco para as demais vantagens de ordem administrativo/gerencial, que os condomínios somente obtêm se forem terceirizados. Descrevo apenas algumas dessas vantagens, dentro do exíguo espaço aqui disponível. 1. As administradoras não mantêm empregados extras prontos para substituição nas ausências dos titulares, em casos de conjuntivites, viroses, acidentes, viagens, férias, etc. Sendo terceirizado, as substituições de empregados são automáticas; 2. Empregados próprios são registrados no CNPJ do condomínio, gerando passivo trabalhista crescente e exigindo crescentes indenizações para demiti-los. Se não tem caixa, o síndico acaba tolerando desaforos ou indisciplina, colocando em risco o próprio condomínio. Sendo terceirizado, o condomínio simplesmente pede a substituição a qualquer tempo e sem qualquer custo adicional além do contratado. 3. A legislação permite que o trabalhador se aposente e continue trabalhando. Nada os obriga a parar de trabalhar, mesmo, após aposentadoria. Para demiti-lo, o condomínio terá que indenizá-lo, mais cedo ou mais tarde; 4. Se o empregado é demitido, é quase certo que virá uma ação trabalhista, causando apreensões, despesas e constrangimentos com advogados, deslocamentos ao fórum, etc.; 5. Todos os problemas de ordem pessoal dos empregados, como endividamento, saúde, vales, etc., recaem sobre o síndico. Os terceirizados resolvem seus problemas na hora diretamente com os supervisores da empregadora. 5. Tendo empregados o condomínio tem folha de pagamento, horas extras, imposto sindical, taxa do SECOVI, taxa confederativa, e mais uma dúzia de contribuições. Sendo terceirizado, tudo isso é eliminado, e o condomínio ainda reduz o custo com sua administradora. 6. Condomínios terceirizados são supervisionados de dia e de noite; 7. Existem terceirizadoras que instalam gratuitamente central de alarme e ainda prestam serviços 24 horas de monitoramento também gratuito. Teria mais uns 30 argumentos para acrescentar, porém, o espaço é exíguo. Se teu condomínio é terceirizado e você não recebe as vantagens e serviços acima, então procure outra terceirizadora de melhor qualidade. Certamente encontrará uma empresa competente, sólida, experiente e transparente mesmo nesta página. Basta um telefonema.

Etore A. Fuzetti
etore@replace.com.br



  Untitled Document






Untitled Document

Jornal Sindico News - Editora Santa Luiza Ltda.
Tel: 11 5573-0333 - São Paulo - contato@sindiconews.com.br
© COPYRIGHT 2012 - Todos os direitos reservados
 
1001808 visitas
 
Desenvolvido por