Untitled Document
Voltar para a Home...   quarta-feira, 26 de julho de 2017
Siga-nos no Twitter...
Voltar para a Home...

Artigos
SEGURANÇA

A entrada de veículos é um ponto estratégico na segurança dos condomínios
No final de março, a imprensa escrita, falada e televisada noticiou, com destaque, um fato envolvendo ocorrência em dois condomínios

No final de março, a imprensa escrita, falada e televisada noticiou, com destaque, um fato envolvendo ocorrência em dois condomínios, na região central da capital. Os assaltos se deram em condomínios de classe social média-alta e o que mais chamou atenção foi a maneira com que acessaram o condomínio, sendo veiculado da seguinte maneira: “Prédios de luxo são alvo de arrastões em SP - Em menos de 24 horas, dois condomínios de um bairro nobre de São Paulo foram alvos de arrastões neste fim de semana. Nos dois casos, os bandidos clonaram os veículos de moradores para conseguir entrar nos prédios.” Fonte: Band.com,  de 25 de Março de 2013.
Mais uma vez, observamos que os bandidos se aproveitaram da fragilidade nas entradas dos condomínios para invadirem os prédios.
Na entrada de veículos, deve-se tomar um cuidado especial, uma vez que é um acesso de alta vulnerabilidade nos prédios. O controle remoto deve ser anticlonagem e com sistema de identificação pela portaria, além de possuir acionamento de pânico em sua botoeira, a fim de informar o porteiro qualquer situação emergencial. 
Os gestores dos condomínios devem estar atentos e orientar, seus funcionários para, nunca, abrirem os portões de veículos identificando-se, simplesmente, os carros ou suas placas e, sim, verificando quem está dentro dos mesmos. É melhor pecar pelo excesso de zelo do que querer agilizar entrada de autos no condomínio e  liberar o acesso para ladrões. É aconselhável que os prédios possuam sistema de enclausuramento (duplo portões) e que estes sejam intertravados entre si, de forma que somente se abra o posterior após o fechamento do anterior. Tudo para se fazer com que os veículos sejam visualizados com maior detalhe além de permitir o acesso de um carro por vez na clausura. Tais entradas devem ser monitoradas por câmeras de CFTV, além de possuir sistemas de interfonia e controle de acesso informatizado no interior do enclausuramento.
Os condôminos devem ser orientados a seguir as normas e procedimentos de acesso ao condomínio, compreendendo a atitude preventiva do porteiro quando não libera, de imediato, o portão de entrada, ressaltando que a identificação principal é a do morador e não a do carro.
Cabe lembrar sobre a importância em se qualificar os colaboradores, uma vez que,  um bom treinamento, deixa de ser um gasto para ser um excelente investimento, pois acarreta na melhoria da qualidade na prestação de serviço.
Agindo preventivamente é que se poderá minimizar esses risco e dificultar o acesso daqueles que querem se aproveitar dessas vulnerabilidades e nos fazer vítimas de suas artimanhas.

José Elias de Godoy
Especialista de Segurança em
Condomínios e autor dos livros
“Manual de Segurança em
Condomínios’’ e “Técnicas de
Segurança em Condomínios”.
elias@suat.com.br



  Untitled Document





Untitled Document

Jornal Sindico News - Editora Santa Luiza Ltda.
Tel: 11 5573-0333 - São Paulo - contato@sindiconews.com.br
© COPYRIGHT 2012 - Todos os direitos reservados
 
949560 visitas
 
Desenvolvido por